Política – Caos Setor Aéreo – “Lula Sabia. Mas se esqueceu”

Em artigo de 2002 na “Gazeta Mercantil”, o atual presidente fazia um alerta para o setor aéreo.

 

BRASÍLIA. A “herança maldita” do ex-presidente Fernando Henrique para o presidente Lula parece ter incluído a polêmica frase “Esqueçam o que escrevi”. Apesar de ter dito quinta-feira, no Planalto, que passou as últimas cinco campanhas eleitorais sem debater a crise no setor aéreo, alegando ter sido surpreendido pelo tamanho do problema agora, Lula assinou artigo cujo título era “Morte anunciada do transporte aéreo”.

O texto foi publicado em 7 de janeiro de 2002, na “Gazeta Mercantil”. Lula era presidente de honra do PT e se preparava para a quarta das cinco eleições presidenciais que disputou. Quinta-feira, em reunião com aliados, Lula comparou a crise a uma metástase, querendo dizer que só soube do problema quando já havia assumido enorme gravidade.

Na primeira linha do artigo de 2002, porém, ele dizia: “A crise da aviação brasileira, que vem se arrastando há muitos anos, atinge um estágio terminal, sem que se vislumbre uma solução no horizonte. A recente paralisação dos vôos da Transbrasil é mais um presságio. Antes de chegarmos a uma solução irreversível para o setor como um todo, convém refletir se vale a pena deixas as empresas brasileiras de aviação entregues a sua própria sorte ou se é interessante para o país ter uma aviação navional competitiva.”. Naquele mesmo ano, Lula seria eleito presidente.

fonte : Jornal A Gazeta.

Deixe uma resposta