F1 – GP Alemanha

Resultado :
1º. Lewis Hamilton (ING/McLaren), 1h31min20s874
2º. Nelsinho Piquet (BRA/Renault), a 5s586
3º. Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 9s339
4º. Nick Heidfeld (ALE/BMW), a 9s825
5º. Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), a 12s411
6º. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 14s483
7º. Robert Kubica (POL/BMW), a 22s603
8º. Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso), a 33s282
9º. Jarno Trulli (ITA/Toyota), a 37s1
10º. Nico Rosberg (ALE/Williams), a 37s6
11º. Fernando Alonso (ESP/Renault), a 38s6
12º. Sébastian Bourdais (FRA/Toro Rosso), a 39s1
13º. David Coulthard (ESC/Red Bull), a 54s9
14º. Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), a 59s0
15º. Kazuki Nakajima (JAP/Williams), a 1min00s
16º. Adrian Sutil (ALE/Force India), a 1min09s
17º. Jenson Button (ING/Honda), a uma volta


Alonso diz que Nelsinho precisa pontuar mais

Espanhol tem como meta colocar a Renault na quarta posição dos Construtores
Fernando Alonso quer que Nelsinho Piquet marque pontos mais
consistentemente para ajudar a Renault a ser quarta colocada no
Mundial, embora tenha dito que não está decepcionado com o novato.

O brasileiro tem apenas dois pontos, todos feitos em Magny-Cours,
enquanto o espanhol tem 13, distribuídos por cinco das nove provas.

"Há uma clara meta para o resto da temporada: acabar em quarto no
Mundial de Construtores. Então, precisamos de pontos de ambos os
pilotos. Farei meu melhor e Nelsinho fará seu melhor, mas hoje será
difícil para ele marcar qualquer ponto", disse.

Para o bicampeão, a chave é ambos irem para a disputa da pole position.
Nelsinho, por exemplo, não passou para metade dos Q2 e largará em 17º
neste domingo, na Alemanha.

"Espero que nós dois possamos estar no Q3 no futuro, o que significará
que o carro está bem e que poderemos alcançar essa meta", afirmou.

[Tron : Creio que o Nelsinho ouviu o conselho, pena que o Alonso não seguiu o seu próprio…]

Deixe uma resposta