F1 – Atualizações no regulamento.

  Medidas aprovadas pela FIA:

Para 2009

– A duração dos motores será dobrada. Cada piloto poderá usar oito
propulsores por temporada, mais quatro para os testes. Os motores terão
de durar três GPs

– Os motores serão limitados a 18 mil rpm

– Os custos dos motores para as equipes independentes serão aproximadamente 50% do valor de 2008

– Nenhum túnel de vento excedendo a escala de 60% e 50 metros por segundo serão usados a partir de 1º de janeiro de 2009

– As fábricas fecharão por seis semanas a cada ano para cumprir as leis locais

Para 2010

– O motor de 2010 continuará sendo usado em 2011 e 2012

– Todas as equipes usarão a mesma transmissão. É uma medida sujeita à confirmação por sua praticabilidade

– A FIA comporá uma lista de partes-padrão relacionadas ao chassi. Será
permitido o desenvolvimento em algumas delas, mas em outras se exigirá
o uso de materiais baratos

– Para um GP, haverá sistemas de rádio e telemetria padronizados, a
proibição do reabastecimento e banimento dos aquecedores de pneus

– Será possível também a redução do número de voltas das corridas (proposta a ser avaliada via pesquisa de mercado)

– Sobre atividade nas fábricas, haverá mais restrições nas pesquisas
com aerodinâmica combinada com uma análise das instalações das equipes,
podendo haver mais restrições nesse sentido

Deixe uma resposta